Datafolha: VLT é aprovado por ampla maioria dos usuários

Mobilidade | 23/05/2022

Uso do serviço durante a pandemia também tem alto índice de reconhecimento

Pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha entre os dias 10 e 22 de março aponta que 88% dos usuários do VLT Carioca avaliam o sistema de forma positiva (bom ou muito bom). A análise apontou ainda que 89% dos entrevistados se sentiram seguros em utilizar o VLT durante a pandemia com as ações de prevenção adotadas no período.
A pesquisa foi feita com 1.059 pessoas durante a operação das linhas 1, 2 e 3, tanto nas paradas quanto nos veículos. A avaliação tem margem de erro de 3 pontos percentuais e índice de confiança de 95%.
"O sucesso do modal nunca foi uma dúvida para nós e essa pesquisa vem para confirmar isso. A Prefeitura do Rio acredita muito no VLT como transporte integrador e sustentável. Não atoa estamos estendendo agora a linha para integrar ao BRT Transbrasil no novo Terminal Intermodal Gentileza (TIG) e apontando já para uma futura expansão rumo ao bairro de São Cristóvão", aponta Gustavo Guerrante, presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp).



“Com as três linhas em operação e em meio a uma pandemia que influenciou muito a operação dos transportes públicos, ficamos felizes em ver que o usuário reconhece nosso serviço como confiável e seguro para fazer seus deslocamentos. Nosso desafio é manter esses números e o nível de serviço em patamar elevado com a chegada de novos passageiros”, avalia Paulo Ferreira, presidente do VLT Carioca.
Considerado o aspecto de maior importância (52%) para quem usa o VLT, o conforto foi também o quesito mais bem avaliado na pesquisa, com aprovação de 92% dos participantes. Temperatura ambiente, condições de embarque e desembarque e limpeza dos veículos e estações foram alguns dos temas verificados. Já a segurança operacional teve 80% de opiniões “bom/muito bom”, reconhecendo ações da Concessionária na prevenção de acidentes.
Em relação à Covid-19, o quesito mais elogiado foi a limpeza e higienização das composições (83%). Do público entrevistado, 57% passaram a utilizar o VLT ao longo dos últimos 2 anos, já no período de pandemia.
O deslocamento para o trabalho é a principal razão de uso do sistema para 77% das pessoas. Nos finais de semana até 52% realizam viagens para turismo ou lazer.
“A pesquisa mostra que o VLT cumpre sua vocação integradora de distribuir as pessoas que chegam para trabalhar todos os dias, além de ser um indutor de turismo, que incentiva a ocupação do Centro aos fins de semana. O desenvolvimento da região passa pelo VLT”, completa Paulo.

Tags: