Ateliê Cosmonauta prepara série de mosaicos Abya Yala na Travessa do Liceu

Cultural | 22/03/2021

O Ateliê Cosmonauta Mosaicos trabalha em um novo projeto de intervenção artística na região portuária. Conhecidos pelas obras distribuídas pela escadaria na Travessa do Liceu, que dá acesso ao Morro da Conceição, a dupla planeja homenagear os povos originários da América Latina.
O primeiro mural do projeto já está em andamento e tem como ponto principal os Selk'nam: povo originário da região patagônica do sul da Argentina e do Chile. O mosaico contará a trajetória dessa nação, destacando sua história, cultura e resistência.
A casal de artistas Natalia Reyes e John Souza buscou retratar povos originários de diferentes partes da América, para que assim, pudessem falar sobre as diferentes culturas e experiências. O projeto aborda o conceito do “Abya Yala“, termo utilizado por diversos povos originários do continente, explica Natalia: “É um jeito de entender a América a partir do ponto de vista indígena, uma América plural e multicultural”.
Por meio do mosaico, a dupla explora texturas e modelagem das peças, e com um trabalho delicado, esperam criar uma linguagem que expresse a diversidade pelas cores nas múltiplas cerâmicas que compõem os murais. “Essa intervenção traz temas importantes como o respeito e o reconhecimento do caráter indígena e multiétnico do nosso território”, define John souza.
Texto e foto: Pedro Dias