Três projetos da região do Porto Maravilha recebem Ordem do Mérito Cultural no aniversário da cidade

| 01/03/2021

A cidade do Rio de janeiro completa 456 anos nessa segunda-feira (1). A comemoração foi marcada pela entrega da Ordem do Mérito Cultural Carioca 2020, homenageando 18 personalidades e instituições que tiveram destaque na área da cultura durante a pandemia. Entre os selecionados para a maior honraria cultural da cidade, três são do Porto Maravilha: Slam das Minas RJ, Coletivo Lanchonete Lanchonete e Pretinhas Leitoras.
As indicações foram feitas por meio de um formulário disponibilizado nas redes sociais da Secretaria Municipal de Cultura. Mais de 2800 pessoas fizeram indicações e as análises foram feitas por integrantes da secretaria e do Conselho Municipal de Cultura.
A entrega foi no Palácio da cidade. Os outros 15 homenageados foram: Associação de Produtores de Teatro (APTR), cantora Teresa Cristina, Circo Crescer e Viver, criador de jornal comunitário Renê Silva, Polifônica Cia, compositor Moacyr Luz, sacerdote de igreja de matriz africana Humbono Rogério de Olissá, esportista e poeta Wanderson Geremias, Gastromotiva, Núcleo de Apoio à Produção Cultural da UFRJ (Naprocult), Companhia de Dança Passinho Carioca, designer Fred Gelli, Espaço Cultural Viaduto de Realengo, Palcos do Rio – Rede Cultural e Filma Rio – Movimento suprapartidário dos profissionais do setor audiovisual carioca.
Pretinhas Leitoras
Cariocas do Morro da Providência, as gêmeas Eduarda e Helena começaram um canal no Youtube, mas ainda não tinham ideia do que iriam falar. Pensaram em trazer um pouco de tudo, porém, chegaram a conclusão que queriam falar sobre um antigo amor: a literatura.
Segundo as meninas, o projeto tem como principal assunto a literatura que fala sobre crianças pretas. A ideia é que as crianças possam ouvir e se reconhecer no tema. Elas estão no Instagram (@pretinhasleitoras) e têm uma página no Facebook.
Slam das Minas
Organizado em 2017, O Slam das Minas é um coletivo que reúne poetizas urbanas, de todos os cantos e idades, em um espaço onde poemas retratam o lugar da mulher no mundo contemporâneo. Reunidas, as poetas se expressam por meio da poesia falada, dando voz aos sentimentos em meio a uma batalha poética pelo Rio de Janeiro.
O coletivo é formado pelas poetas Andrea Bak, Moto Tai, Rainha do Verso, Tom Grito, Débora Ambrósia (produção) o Lian Tai (vídeo) e Dj Bieta (sonorização).
Lanchonete Lanchonete
Criado em 2015, Lanchonete Lanchonete é um coletivo idealizado pela artista Thelma Vilas Boas, nascido de uma residência artística de sua criadora, no espaço Saracura. O projeto desenvolve uma cozinha comunitária com e para a comunidade da Pequena África, no Rio de Janeiro.
Texto: Pedro Dias | Foto: Divulgação