Sede da Companhia Docas do RJ será transferida para a Orla Conde

Obras, Mobilidade, Social, Cultural | 16/11/2020

Mais 300 pessoas se juntam aos 100 funcionários já instalados em prédio ao lado do embarque do Porto do Rio
A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) unificará sua sede em prédio na Orla Conde. Retrofit do prédio administrativo do Porto do Rio de Janeiro abrirá espaço para os cerca de 400 funcionários da Cia. Hoje alocados na Rua Acre, mais de 300 pessoas passarão a ocupar edifício onde hoje trabalham outras 100 pessoas – entre o Youtube Space, no Armazém 1, e o prédio do Touring, na Praça Mauá. A mudança está prevista para julho de 2021.



Nova sede unificada de Docas será em prédio ao lado do Youtube Space, no Armazém 1

O presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), Cesar Barbiero, enxerga mais uma sinalização de grandes empresas apostando na Operação Urbana Porto Maravilha. “No caso de Docas a importância da chegada destes funcionários para a região é ainda mais evidente. Há alguns meses a Triunfo Logística, uma das empresas que explora a atividade portuária da cidade se instalou em prédio no Santo Cristo. Agora chegam os próprios administradores do porto operacional, ainda mais perto”, lembra. E completa: “São empresas que deixam o tradicional e consolidado centro econômico da Av. Rio Branco para ficar cada vez mais perto de sua operação, localizada na área do Porto Maravilha. São movimentos que nos enchem de otimismo e nos fazem acreditar cada vez mais no projeto Porto Maravilha”.
O diretor-presidente da CDRJ, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, acredita que a transferência da sede para o porto será benéfica para Autoridade Portuária. “A mudança vai integrar a rotina administrativa da companhia e facilitar a interação entre os profissionais das áreas administrativas e das áreas operacionais.”, ressaltou o presidente.

Texto e Foto: Bruno Bartholini