Fábrica de Startups abre Programa de Residentes para microempresas de tecnologia

Social, Cultural | 13/03/2020

Com duração de seis meses, iniciativa tem como objetivo reunir startups contribuam com o desenvolvimento de todo o ecossistema brasileiro



Maior hub de inovação do Rio de Janeiro, a Fábrica de Startups, no edifício Aqwa, abre pela primeira vez um Programa de Residentes. Com inscrições até o próximo dia 17 de março, a iniciativa tem a duração de seis meses, e quer dar oportunidade para startups do mercado tecnológico contribuir com o avanço do ecossistema nacional, com acesso a toda a estrutura e benefícios da companhia.
De acordo com a Associação Brasileira de Startups (Abstartups), dados de 2019 apontam que o Brasil tem 12.700 startups, aumento de 27% se comparado ao ano anterior. Com esse programa, a Fábrica de Startups espera colaborar para o aumento desses números, já que muitas microempresas ficarão fortalecidas com seus benefícios, que incluem acesso aos clientes da companhia, os recursos de parceiros, ativação da própria marca e visibilidade, networking com startups e talentos da área, espaço de trabalho, participação em eventos relevantes do setor e valor subsidiado de R$ 600 por posição (valor médio de espaço de trabalho para uma pessoa no local). “Desde nosso nascimento no Porto Maravilha, recebemos muitos pedidos de startups buscando posições no nosso espaço. Sentimos que chegou o momento de ouvir essa demanda e abrir um programa de residentes. Essa iniciativa tem o objetivo de fortalecer ainda mais o ecossistema carioca, gerando laços e colaborações diárias dentro e fora da nossa sede”, complementa Ula Amaral, CMO e co-fundadora da Fábrica de Startups Brasil.
Composto por três fases, o processo seletivo se inicia com uma análise quantitativa, em que é feito um filtro levando em conta critérios como tamanho do time, estágio do produto e maturidade do negócio da startup. Depois disso, um comitê avalia as selecionadas e define um grupo final com as microempresas melhor avaliadas. Por último, há uma entrevista presencial com o time da Fábrica de Startups, que define quem irá de fato participar da turma de residentes. “No último ano, de acordo com dados da plataforma Crunchbase, o Brasil se consolidou como o terceiro maior criador de startups unicórnio no mundo [startup que possui avaliação de preço de mercado no valor de mais de 1 bilhão de dólares]. Queremos, por meio de nosso trabalho, levar o país às primeiras posições e ser a mola propulsora para que os empreendedores brasileiros se sintam cada vez mais corajosos para inovar e tirar do papel seus sonhos”, finaliza Ula Amaral.

Serviço

Programa de Residentes - Fábrica de Startups

Inscrições até 17/03/2020 pelo site https://inscricoes.fabricadestartups.com.br/fabstartresidence/

Sobre a Fábrica de Startups
A Fábrica de Startups Brasil é uma empresa de co-inovação. Com metodologia própria, conecta corporações e startups com o objetivo de inovar juntos. Oferece uma gama de serviços para a corporação, baseados em três grandes pilares: Cultura, Inovação e Branding. Para o empreendedor, disponibiliza aceleração, uma rede de mentores, espaço físico, metodologia, apoio para crescer sua empresa e geração de negócios.
Sediada no Brasil desde novembro de 2018 com investimento de R$ 5 milhões, a Fábrica de Startups tem empresas âncoras nas áreas de telecomunicações, óleo e gás e varejo. No espaço de 3.700 m²m, serão aceleradas 130 startups por ano, que juntas terão um faturamento de R$ 50 milhões, criando assim, o maior ecossistema empreendedor do Rio de Janeiro.
Nascida em Portugal em 2012, a Fábrica de Startups tem 500 startups lançadas e 3 mil empreendedores apoiados. A empresa também tem uma unidade em Macau, na China.