Coworking norte-americano ocupa mais um andar do Aqwa Corporate

Obras, Mobilidade, Social, Cultural | 30/10/2019

Studio elege Porto Maravilha para primeira unidade fora dos Estados Unidos
Já tem em Nova Iorque, Los Angeles, Washington, Boston, Chicago e Beverly Hills. E a partir de agora a única filial da marca de escritórios compartilhados da Tishman Speyer que fala outra língua fica no Santo Cristo. O coworking ocupa 3,8 mil m² - o que equivale a um andar inteiro do Aqwa Corporate – e abre as portas com quatro contratos de ocupantes fechados. Empresas de diferentes tamanhos e segmentos com estações de trabalho móveis, mesas elétricas exclusivas e escritórios flexíveis inauguram o novo espaço com expectativa de mais de 500 pessoas circulando pela Região Portuária.

Área comum do Studio tem ambiente descontraído para trabalhar como e onde quiser
No lançamento do espaço, nesta quarta-feira, 30 de outubro, o presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), Tarquinio de Almeida, comemora a aposta da empresa na região. “Aos poucos os prédios de alto padrão do Porto Maravilha são ocupados por empresas de porte, nacionais e internacionais. Isso mostra a melhora crescente do mercado imobiliário no Rio de Janeiro, especialmente aqui com o impulso proporcionado pela revitalização. A velocidade da ocupação em 2019 é animadora quando pensamos no futuro dessa região estratégica da cidade”, analisa.
Este estilo inovador de escritórios em que empresas alugam salas ou até áreas compartilhadas de trabalho segue tendência mundial de acordo com a diretora global do Studio, Thais Galli: “O mercado de escritórios está mudando, e é natural que a Tishman Speyer seja uma das líderes dessa evolução, oferecendo espaços flexíveis nos melhores edifícios e endereços. O Studio representa alternativa aos nossos clientes, com o mesmo padrão e qualidade dos nossos escritórios corporativos”.


Tags: