Do cenário acinzentado aos princípios verdes

Obras | 30/11/2011

A Operação Urbana Porto Maravilha garante que as ações na área devem "assegurar a sustentabilidade da população residente". Isso significa que os novos prédios precisam seguir uma série de regras ambientais que incluem, por exemplo, reaproveitamento de água e captação de energia solar. Concebido para se transformar em referência para toda a cidade, o projeto de requalificação prevê a instalação de 17 km em ciclovias na região e exige que os projetos arquitetônicos contemplem áreas para estacionamento de bicicletas, sejam os prédios comerciais ou residenciais. Assim, o que se espera é que o cinza-concreto que domina a região, aos poucos, dê lugar aos princípios "verdes". Várias edificações em construção se empenham para garantir a Certificação Leed, reconhecido selo ambiental internacional.

O Blog Porto Maravilha conversou sobre o tema com o diretor de Operações da Cdurp, Luiz Lobo, com a gerente de Projetos Urbanos da empresa, Gisele Raymundo, e com a arquiteta Fabíola Amaral.

O que classifica uma cidade como 'sustentável'? Poderia citar exemplos de sucesso?

Luiz Lobo - Cidade sustentável é aquela que segue uma política de desenvolvimento que promove a integração entre a gestão urbana e a gestão ambiental, garantindo um meio ambiente equilibrado durante seu desenvolvimento e crescimento, baseada no tripé da sustentabilidade ambiental, social e econômica.

Museu do Amanhã: prédio terá grandes estruturas dinâmicas que se movimentam e servem não só para oferecer sombra, mas também formam bases para a instalação de placas fotovoltaicas para captação da energia solar que será convertida em elétrica

No Brasil, podemos citar Curitiba, que redesenhou seu sistema de transporte público na década de 90 e aumentou suas áreas verdes. Foi também pioneira na coleta seletiva de lixo no País, a partir dos anos 80. Copenhague, na Dinamarca, venceu o Prêmio Europeu de Gestão Ambiental em 2006 pela qualidade da água de sua enseada. Freiburg, na Alemanha, é chamada de cidade solar por, desde a década de 80, ter na maioria das coberturas de casas e prédios comerciais placas fotovoltaicas e aquecedores de água. Londres, na Inglaterra, destacou-se ao lançar um plano de combate ao aquecimento global em 2007. Em 20 anos, a meta é reduzir 60% das emissões de CO2 da cidade. Portland, na Inglaterra, tem o título de cidade mais sustentável do país. Em 1993, foi a primeira a diminuir as emissões de gases de efeito estufa, concentra uma boa quantidade dos chamados prédios verdes, além empresas de energia limpa e produção orgânica de alimentos significativa. São alguns dos bons exemplos.

Segundo a lei complementar nº 101/2009, que cria a Operação Urbana Consorciada da Região do Porto do Rio, as ações devem "assegurar a sustentabilidade da população residente". O que significa "sustentabilidade da população"? Quais são os aspectos sustentáveis do Projeto Porto Maravilha?

Gisele Raymundo - "Assegurar a sustentabilidade da população residente" é exatamente a garantia do tripé mencionado anteriormente. Assegurar a permanência da população residente, melhorando o ambiente urbano, garantindo atendimento escolar, médico e capacitação profissional que permita seu acesso aos empregos qualificados que serão gerados na região.

Banco Central: nova sede, na Av. Rodrigues Alves, trará para a Região Portuária mais de 2 mil funcionários diariamente

A sustentabilidade ambiental é garantida pelas exigências constantes na lei de edificações que respeitem o entorno, garantam ventilação adequada, promovam a conservação da energia através da criação de telhados verdes, eficiência energética e conservação e reuso da água. A sustentabilidade social está garantida pelas ações promovidas pela Cdurp e pela prefeitura na reurbanização do Morro da Providência, realocação das famílias de ocupações irregulares na própria região (atendidas pelo programa de produção de habitação social), pela construção de equipamentos públicos (creches, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), escolas, etc) e pelos programas de capacitação profissional promovidos em parceria com o Sebrae, além do apoio às atividades de instituições já atuantes no local, como por exemploFundação Darcy Vargas e Galpão Aplauso.

Novos prédios construídos na Região Portuária apresentam a Certificação Leed, o que é essa certificação e o que representa?

Fabíola Amaral - O Leed (Leadership in Energy and Environmental Design) é um sistema de certificação voluntário para edifícios sustentáveis, criado pela organização americana United States Green BuildingCouncil (USGBC), que pode ser aplicado a todos os tipos de edificações, comerciais e residenciais.

Ele avalia desde a concepção até a construção e operação de Green Buildings, verificando se um edifício é projetado e construído utilizando medidas que visam melhorar seu desempenho em aspectos como eficiência termoenergética, redução do consumo de água, redução das emissões de CO2 e melhor qualidade ambiental interna. Assim, aumenta o retorno econômico para os proprietários, reduzindo custos operacionais e proporcionando maior conforto.O nível de certificação é obtido a partir de um somatório de pontos baseados no desempenho do edifício e poderá ser: Certified, Silver, Gold ou Platinum.

>

MAR: previsto para ficar pronto em 2012, respeita as regras ambientais de reaproveitamento de água e captação de energia solar

Podem citar algumas construções que já prometem e batalham por esse selo na área?

Luiz Lobo - Museu do Amanhã, Nova Sede do Banco Central, Port Corporate, da ThismanSpeyer, Porto Brasilis, da Fibra Experts, Museu de Arte do Rio (MAR)...

Quais são os benefícios de viver uma região sustentável?

Gisele Raymundo - Melhoria da qualidade de vida em todos os seus aspectos. Por exemplo, trabalho perto de casa, mobilidade, acesso a equipamentos urbanos de qualidade (saúde, educação, lazer e culturais), qualidade urbana, meio ambiente saudável...

Como tornar uma região como a portuária, de tamanha importância histórica, cultural e arquitetônica, em um local moderno e sustentável?

Luiz Lobo - Implantando o Projeto Porto Maravilha. Essa é a resposta!

30/11/2011

Tags: