Prêmio Porto Maravilha Cultural

< Voltar

A primeira edição do Prêmio Porto Maravilha Cultural contemplou 34 projetos com atividades na Região Portuária. Ao todo foram R$ 3,8 milhões distribuídos a ideias de pessoas Física e Jurídica. Cursos, shows, oficinas, festas, publicações e documentários compõem a lista de atividades que movimentam a área. Muitos dos projetos são contínuos e permanecem movimentando a cena cultural da região.

titulo do Premio

Guia Acessível: Espaços Culturais e Gastronômicos do Porto Maravilha

Projeto de pesquisa identificará espaços culturais da Região Portuária e propõe alterações para maior acessibilidade. Blog publicará resultado em banco de dados em constante atualização. Posteriormente, será publicado o Guia Acessível da Região Portuária. A proposta, premiada Porto Maravilha Cultural, é a de revisitar área indicando lugares e também personagens, agentes culturais, atores sociais, patrimônio histórico material e imaterial locais. Produtor: Andrea Chiesorin Nines
titulo do Premio

Porto de Memórias - Retratos em Postais

Moradores da Região Portuária contarão histórias, casos, contos e até lendas da área. O material será transformado em mapa visual. Fotografias e vídeos viram cartões postais e documentário produzidos coletivamente. O principal objetivo do projeto apoiado pelo Prêmio Porto Maravilha Cultural é valorizar e promover as histórias dos moradores e, consequentemente, apresentar a história “não-oficial” dessa área. Produtor: Elizabeth Fernandes Cordeiro
titulo do Premio

Midiateca comunitária de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente

Biblioteca e videoteca comunitária da Escola Padre Dr. Francisco da Motta e do Colégio Sonja Kill. O espaço de leitura e a sala de projeção audiovisual atenderão mais de mil alunos das duas escolas e moradores da Região Portuária. A midiateca recebeu o apoio do Prêmio Porto Maravilha Cultural e terá programação anual cultural e educativa aberta ao público. Produtor: Associação dos Amigos da Escola Padre Dr. Francisco da Motta e do Colégio Sonja ? AME Beco São José 11, Morro da Conceição
titulo do Premio

Projeto Som e Samba Carioca

O projeto Som e Samba Carioca oferece oficinas gratuitas de samba, jongo e percussão para moradores da Região Portuária. Voltadas aos jovens, as aulas pretendem identificar vocações artísticas e potenciais culturais. Com proposta interdisciplinar, o Instituto Carioca de Desenvolvimento tem sede na Região Portuária desde março de 2013. Além de calendário próprio de eventos, a instituição premiada pelo Porto Maravilha Cultural apoia manifestações de outros grupos e empresta seu espaço a parceiros. Produtor: Instituto Carioca de Desenvolvimento (Rua Pedro Alves 126, Santo Cristo) www.institutocariocaic.blogspot.com.br
titulo do Premio

Roda de samba da Pedra do Sal de mãos dadas

As rodas de samba de segunda-feira no Largo João da Baiana são organizadas há mais de seis anos por sete sambistas, músicos e agentes culturais. Os eventos valorizam patrimônios culturais como samba, jongo, congadas, maracatu, tambor de crioula e capoeira e salientam a pedra como monumento nacional simbólico e sacro de resistência cultural e social. A diversidade cultural da Região Portuária e mais especificamente da Pedra do Sal aparecem nas músicas tocadas às segundas-feiras. O projeto premiado pelo Porto Maravilha Cultural também se propõe a organizar acervo digital de fotos e vídeos das rodas de samba. Produtor: Associação Veia Cultural
titulo do Premio

Porto Aberto: memória viva

"Porto Aberto: memória viva" quer formar cidadãos e aumentar a autoestima da comunidade da Região Portuária. Para isso, profissionais do Instituto Ensaio Aberto organizam exposição de fotógrafos profissionais e amadores da área, ciclo de oito palestras sobre as Histórias e as Culturas dos Bairros da região e ciclo de leituras dramatizadas que fará pesquisas sobre o teatro político desde o século XIX até hoje. Produtor: Instituto Ensaio Aberto
titulo do Premio

Ecomuseu do Porto Maravilha

Exposição multimídia e oficina de educação patrimonial promovidas pelo Prêmio Porto Maravilha Cultural reúnem manifestações culturais populares do Porto. O Ecomuseu será desenvolvido em três etapas. A primeira identifica os atores sociais, pesquisadores e pontos históricos da área. A segunda monta mapa geográfico, pinturas digitais e software de jogo exclusivo de educação patrimonial da região. Na terceira etapa, exposição itinerante percorre espaços comunitários, educacionais e culturais da Região Portuária. Produtor: Raízes da Tradição
titulo do Premio

Noite de autógrafos

Você conhece histórias da Região Portuária? Já leu algum livro de um autor dessa área? Para ampliar o conhecimento que as pessoas têm do Porto e divulgar o talento local, o projeto vai selecionar 10 escritores do Caju, editar e lançar livros inspirados no cotidiano da área. Os selecionados para esta iniciativa do Porto Maravilha Cultural terão aulas teóricas e práticas para aprimorar as técnicas de escrita e edição de livros, e poderão desenvolver a vocação literária escrevendo histórias reais ou fictícias, optando por conto, prosa e poema. Ao fim do projeto, 10 livros inéditos serão publicados e divulgados na Região Portuária. Produtor: Manoel Augusto de Araújo
titulo do Premio

O Porto Importa

O objetivo do projeto é preservar e promover a valorização do patrimônio imaterial da área com atividades variadas que incluem rodas de capoeira, palestras e oficinas. Com o apoio do Prêmio Porto Maravilha Cultural, o projeto prevê a montagem do documentário "Memórias do Cais do Valongo", o lançamento do livro "Roda dos Saberes do Cais do Valongo" e exposição fotográfica. Estudantes das redes pública e particular de ensino podem solicitar certificado de participação. Produtor: Associação Cultural Ile Mestre Benedito de Angola