Reduto da Boemia, Porto atrai famílias e novos negócios

| 24/07/2018

Tradicional ponto da boemia carioca, Porto Maravilha hoje também é espaço para momentos de convívio e diversão de famílias. Sob o ponto de vista do consumo, novos arranjos familiares criam demanda diversificada e oportunidades de negócios para diferentes segmentos econômicos. Crianças, pets, público LGBT e idosos ganham destaque nas preocupações dos empreendedores. De acordo com o Relatório de Inteligência divulgado pelo Sebrae/RJ em junho, organizadas em pequenos núcleos de diferentes formatos e composições, as "novas" famílias refletem no comércio e nos serviços.

Região Portuária reúne entretenimento para todos os tipos de família

Com o olhar específico para a Região Portuária, técnicos levantaram experiências de sucesso mostrando como a área vem se adequando aos diferentes perfis de família e suas necessidades de consumo no território também em transformação. "A Região Portuária criou um ambiente de vanguarda na cidade. A revitalização traz em si um conceito de modernidade e eficiência que é capaz de atrair pessoas para programas variados. Você tem aqui desde uma manhã de atividades com crianças nos museus ou a possibilidade de fazer um piquenique na Orla Conde, um cardápio de restaurantes com gastronomia de qualidade a uma vida noturna que vai do samba à festa eletrônica. São muitas possibilidades, e o comércio de serviços, assim como a indústria hoteleira, acompanhando essa transformação e crescimento de público, pode ganhar", avalia Rilden Albuquerque, gerente de Desenvolvimento Econômico e Social da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp). 

O estudo também dá dicas para que os estabelecimentos promovam mudanças no atendimento. "Pioneiros em transformar os desafios de demanda em oportunidades de inovação conseguirão se destacar em segmentos ainda pouco trabalhados e com crescentes desejos de consumo", observa o relatório. Com museus, áreas livres e proximidade com o mar, o Porto Maravilha aparece como espaço ideal para reunir as famílias. "Oferecer experiências diferenciadas torna as empresas e marcas inesquecíveis", reforçam os técnicos do Sebrae/RJ. Para as famílias que dão preferência a entretenimento com cultura, ciência ou história, há opções como o Museu do Amanhã, o Museu de Arte do Rio, o AquaRio e o Circuito da Herança Africana. Há o grupo que aprecia esporte e vida ao ar livre. A Orla Conde, com 3,5 Km de extensão, abre espaço para a prática de caminhada, corrida e ciclismo.


Detalhamento de possibilidades de consumo no Porto Maravilha - Sebrae/RJ

De acordo com o Sebrae/RJ, passeios em família envolvem com frequência experiência gastronômica – desde um lanche informal ou um pequeno ou grande almoço em grupo.  Potencial não falta. A região reúne 1.000 restaurantes, de lanchonetes para todos os gostos. Empresários vêm adaptando seus estabelecimentos para oferecer mais acessibilidade, ambiente agradável e equipes preparadas.
Chef e empresário à frente do Cristóvão Café e Bistrô, no andar térreo do Museu de Arte do Rio (MAR), Luiz Moraes observa que cada vez mais as famílias estão preocupadas com alimentação saudável para as crianças. Substituem arroz branco por integral e optam por cardápio que inclui peixe, legumes, sucos e saladas de fruta. No restaurante, o prato dos pequenos pode vir antes, se os pais desejarem. Apoio para quem passeia com bebês também prevê esquentar mamadeiras e papinhas. “Sou pai de três. Lembro-me de como era sentar em um restaurante com crianças pequenas e com fome”, justifica. Os mimos também incluem papéis para desenhar e colorir. Consultores do Sebrae/RJ destacam que tão importante quanto manter atividades para as crianças é garantir infraestrutura que garanta também a satisfação dos adultos.
O estudo menciona a importância de compreender que os “filhos de quatro patas”, os pets, deveriam ter lugar no Porto Maravilha, uma vez que cada vez mais seus donos costumam incluí-los nos programas familiares. Restaurantes e comerciantes varejistas já começam a se adaptar e oferecem espaço reservado, água e até petiscos para os animais domésticos.
Dicas do Sebrae/RJ
Reconheça o potencial de público da terceira idade
Reconheça as necessidades desse segmento e as oportunidades de vendas principalmente em setores como saúde, turismo, lazer, entretenimento e varejo.
Prepare a equipe para não fazer distinção de identidade de gênero
Oriente os funcionários a tratar as pessoas pelo gênero com o qual elas se identificam e não pelo sexo de nascimento.
Ofereça cordialidade e naturalidade a todos os públicos
Tenha atenção às necessidades especiais de pessoas idosas, com deficiência, com dificuldade de locomoção, grávidas ou com crianças de colo. Promoções para casais devem incluir casais homoafetivos ou formados por pessoas trans.
Dê visibilidade ao negócio com campanhas nas redes sociais
Prepare campanhas e promoções. Cuide da sua presença on-line de forma constante e estratégica.
Atraia famílias que chegam em cruzeiros
Fique atento ao calendário da temporada de cruzeiros na cidade.
Fale com o Sebrae no Porto
Empresários instalados na região ou com interesse em abrir um negócio podem contar com o apoio especializado do Sebrae. Para receber o atendimento é necessário ligar para 0800 570 0800 ou entrar em contato pelo e-mail sebraenoporto@sebraerj.com.br.
Com texto do Sebrae/RJ 
Foto: Beth Santos