Esclarecimentos sobre o Túnel Prefeito Marcello Alencar

Obras, Mobilidade, Social | 15/05/2017

A Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp) repudia os boatos que espalham pânico e insegurança à população em relação ao Túnel Prefeito Marcello Alencar, o maior túnel rodoviário urbano do País. A companhia esclarece que o sistema de drenagem do túnel está em funcionamento. Com cisterna com capacidade útil para armazenar 390 mil litros de água, o que corresponde a 78 caminhões pipa (de 5 mil litros), é composto por quatro bombas, cada uma com capacidade de retirar 100 m³ de água por hora, o equivalente a 20 caminhões pipa (de 5 mil litros) por hora em cada bomba. Todo túnel subterrâneo, principalmente os próximos à costa, recebem contribuição do lençol freático. Isso é esperado e previsto em projeto. Quando há insurgência de água, o volume é conduzido pela rede drenagem até uma das cisternas e bombeado de volta ao mar. A companhia informa que a concessionária Porto Novo, empresa contratada para executar as obras e prestar serviços públicos municipais no Porto Maravilha, monitora toda a região, incluindo os túneis, por câmeras ligadas a uma Central de Controle Operacional (CCO) e faz vistorias regulares em todos os 5 milhões de metros quadrados da operação. No fim da última semana foi registrado vazamento de pequeno porte no sistema de drenagem do túnel, mas a situação foi sanada na própria sexta-feira sem qualquer impacto sobre a circulação.



Veja mais informações sobre o Túnel Prefeito Marcello Alencar, parte da Via Expressa e maior túnel rodoviário urbano do Brasil