Programação oficial do Dia do Choro inclui música no VLT

Mobilidade, Social, Cultural | 19/04/2017

Maratona de shows simultâneos reunirá mais de 80 músicos no domingo, 23 de abril

Celebrado todo 23 de abril, o Dia Nacional do Choro vai entrar definitivamente para o calendário cultural oficial da cidade. Para festejar, uma maratona musical gratuita idealizada pelo Instituto Casa do Choro vai reunir grandes nomes em homenagem a Pixinguinha, com patrocínio da Prefeitura do Rio por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

Os shows vão começar simultaneamente em diferentes espaços até todos tomarem a direção do Largo da Carioca, onde a Orquestra Furiosa Portátil encerra a programação. O grande evento terá início às 14h30 com shows de Pedro Amorim, Marcelo Bernardes e Choro da Glória durante todo o trajeto da barca Paquetá x Rio e com o grupo Os Matutos, que sai da estação Rodoviária no VLT do Choro.

Mais de 80 músicos participam da comemoração ao Dia do Choro / Foto Renata Green

A roda de choro do Cordão do Boitatá, comandada por Kiko Horta, e o projeto Pixinguinha para Crianças acontecem na Praça XV, também às 14h30, enquanto o Choro na Rua faz a festa em frente à livraria Folha Seca com participação especial de Zé da Velha e Silvério Pontes. Simultaneamente, professores e alunos da Escola Portátil de Música - comandada por Luciana Rabello, Mauricio Carrilho e Paulo Aragão - começam uma roda de choro no Largo da Carioca. Quando a barca de Paquetá chegar ao Rio, instrumentistas e espectadores seguem até a Carioca, onde serão recebidos para execução de “Carinhoso”, com o Bandão e Coral EPM.

Escola Portátil de Música, Os Matutos, Cordão do Boitatá, Choro na Rua com Zé da Velha e Silvério Pontes, Choro da Glória, Pedro Amorim, Marcelo Bernardes e o projeto Pixinguinha para Crianças estão na programação. O evento abre o centenário do choro-canção “Carinhoso”, composição feita em 1917 por Pixinguinha, nascido há 120 anos. "O choro é um estilo musical tipicamente carioca. Incluir seu dia no calendário oficial da cidade era uma obrigação. Acredito que o mestre Pixinguinha ficaria feliz com essa homenagem”, afirma a Secretária Municipal de Cultura, Nilcemar Nogueira.

O encerramento será no Largo da Carioca com a Orquestra Furiosa Portátil e seus convidados: Nina Wirtti, Pedro Miranda e Pedro Paulo Malta. Na ocasião, também será feita uma homenagem a Severino Araújo, fundador da Orquestra Tabajara, cujo centenário de nascimento se comemora justamente neste 23 de abril de 2017. “Nosso objetivo é ser o mais abrangente possível, reunindo toda a família ‘chorona’ da cidade”, comemora a presidente do Instituto Casa do Choro, compositora e cavaquinista Luciana Rabello.

Serviço
Dia do Choro
Programação gratuita

Das 14h30 às 16h – Cinco eventos simultâneos

  • Barca do Choro - Paquetá x Rio (concentração 14h, saída da barca 14h30):Pedro Amorim, Marcelo Bernardes e Choro da Glória

“Choro da Glória” é Anderson Balbueno (pandeiro), Bernardo Diniz (cavaco), Diego Terra (sax), Lucas Porto (violão 7 cordas), Pedro Barros (violão de 6 cordas) e Rodrigo Milek (clarinete) 

  • VLT do Choro (concentração 14h na estação Rodoviária, saída às 14h30): Roda de choro comOs Matutos

“Os Matutos” é Everson Moraes (oficleide), Aquiles Moraes (trompete e flugelhorn), Tadeu Santinho (flauta e flautim), Marlon Júlio (violão de 7 cordas), Pablo Carrilho (violão de 6 cordas), Lucas Oliveira (cavaquinho), Maycon Júlio (bandolim), Marcus Thadeu (percussão) e Magno Júlio (percussão)

  • Praça XVShow “Pixinguinha para Crianças” voltado para o público infantil e Roda de Choro do Cordão do Boitatá

“Pixinguinha para Crianças” é Daniel Fernandes (violão de 7 cordas), Marcelo Cebukin (sax, flauta e flautim), Milena Sá (pandeiro), Joana Saraiva (sax, flauta e flautim), Bernardo Diniz (cavaco) e Luzia de Mendonça (brincante)

“Cordão do Boitatá” é Kiko Horta (acordeão), Cris Cotrim (voz e cavaquinho), Paulino Dias e Mangueirinha (percussão), Thiago Queiroz (sax), Alexandre Maionese (flauta e flautim), Edu Neves (flauta) e Rodrigo Scofield (bateria)

  • Rua do Ouvidor (em frente à Livraria Folha Seca): Roda de choro comChoro na Rua e participação especial de Zé da Velha e Silvério Pontes.

“Choro na Rua” é Daniela Spielmann (sax), Dudu Oliveira (sopros), Henrique Cazes e Alessandro Cardozo (cavaquinho), Rogerio Caetano e Paulão 7 Cordas (violão 7 cordas), Charlles da Costa (violão 6 cordas), Netinho Albuquerque (pandeiro), Rodrigo Jesus (percussão) e Marcelo Caldi (acordeão)

  • Largo da Carioca: Roda de Choro com professores e alunos da Escola Portátil de Música, comandada por Luciana Rabello, Mauricio Carrilho e Paulo Aragão.

17h30

Largo da Carioca: Bandão e Coral da Escola Portátil de Música recebem os grupos para execução de “Carinhoso” e outras músicas de Pixinguinha. Grande encontro de encerramento, com a Orquestra Furiosa Portátil. Convidados Especiais: Nina Wirtti, Pedro Miranda e Pedro Paulo Malta.

“Orquestra Furiosa” é Naomi Kumamoto (flauta), Tomaz Retz (flauta), Vitor Macedo (clarinete), Rodrigo Milek (clarinete), Rui Alvim e Denize Rodrigues (sax alto), Pedro Paes e Vinícius Macedo (sax tenor), Aquiles Moraes e Naílson Simões (trompete), Éverson Moraes e Thiago Osório (trombone), Jayme Vignoli (cavaquinho), Luiz Flávio Alcofra (violão), Oscar Bolão (bateria), Magno Júlio e Gabriel Leite (percussão), Pedro Aune (contrabaixo) e Pedro Aragão (regência)