Temporada de Cruzeiros com planejamento especial de tráfego

Mobilidade | 13/11/2015

A temporada de cruzeiros do Píer Mauá começa no domingo, 15 de novembro, e vai até abril de 2016, com previsão de 109 atracações no período. Para organizar o fluxo de passageiros, ônibus de turismo, táxis e vans, a Prefeitura do Rio, por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), da Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CET-Rio) e da Concessionária Porto Novo, elaborou plano de trânsito para a área.


O acesso de passageiros se dará pelo Armazém 3 do Píer Mauá. Com a Avenida Rodrigues Alves e a Rua Souza e Silva em obras, ônibus conveniados farão embarque e desembarque no interior do prédio conhecido como Externo 1 (em frente ao Armazém 3) e dentro do Cais do Porto. Táxis conveniados também deverão atender os passageiros no Externo 1, com entrada e saída pela Rua Souza e Silva. Posteriormente, após a liberação da área maior do Externo 1, o acesso de táxis será alterado para Avenida Barão de Tefé, ficando a Rua Souza e Silva exclusivamente dedicada à movimentação dos ônibus de turismo.

Veículos de passeio e táxis não conveniados deverão embarcar e desembarcar passageiros na Avenida Barão de Tefé, no trecho entre as avenidas Rodrigues Alves e Venezuela. Não haverá ponto de táxis no local.

Para controlar e fiscalizar a ação, garantir a fluidez e coibir o fechamento de cruzamentos e o estacionamento irregular, 20 agentes apoiadores de tráfego e 12 agentes de trânsito da Guarda Municipal (GM) serão deslocados para o trecho. Três painéis de Mensagem Móvel Variável (PMV) vão orientar usuários sobre acesso ao Píer.

Previsões apontam que 565 mil pessoas vão movimentar o Terminal de Cruzeiros Píer Mauá até o fim da temporada. No período anterior, 490 mil passaram pelo local. Das 109 atracações previstas, 20 são de cruzeiros internacionais e os demais trafegam pela costa brasileira. A previsão é de que a movimentação de turistas impulsione a economia da cidade em US$ 147 milhões.