Líderes Empreendedores

Social | 06/09/2017

Os 21 líderes dispostos no auditório da sede da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp) têm origens bem diferentes. Muitos não imaginariam um dia estar na mesma sala que outros ali presentes. Mas estão. E dispostos a compartilhar experiências e aprender sobre Gestão, Estratégia e Liderança. São executivos de grandes empresas e donos de pequenos negócios locais sentados lado a lado. O curso Líderes Empreendedores busca ampliar o olhar do aluno, seja ele alto executivo ou microempreendedor. Reúne os dois segmentos para formar parcerias entre grandes e pequenos.

Executivos e líderes da Região Portuária durante 1º módulo do curso Líderes Empreendedores
São quatro módulos, cada um com dois dias de aula e longos intervalos de três semanas entre eles. O coordenador do curso, Aser Cortines, destaca a importância de não massificar as aulas em uma sequência de dias para a absorção e implantação do conhecimento na prática: “Nós fazemos o aluno refletir sobre alguns conceitos e o deixamos pensar sobre isso durante este tempo no dia a dia. Quando ele volta para a próxima aula, já tem uma prática sobre aquele conhecimento e esta experiência se torna importante para o desenvolvimento de todos os participantes.”
Nesta edição estão presentes executivos da Caixa Econômica Federal e do Museu do Amanhã. Representando lideranças locais, há participantes das associações de moradores da Providência, Gamboa e Morro do Pinto e o presidente do Conselho de Segurança Comunitário da Região Portuária. A assessora de Desenvolvimento Econômico e Social da Cdurp, Aline Abud, participa do curso e articula parceria entre empreendedores locais e grandes empresas para integrar oferta e demanda na região. “É um processo de aprendizado muito valioso, principalmente para estas lideranças da Região Portuária, hoje um ponto da cidade para onde os olhos estão voltados. E tem muito potencial aqui para ser aproveitado”, aposta. Segundo Aline, a proposta nivela os participantes de forma peculiar. “No curso, nós não estamos atuando nos papéis de sempre. Ao contrário, a experiência promove o desenvolvimento de conceitos para a prática do dia a dia. Enriquece a visão de cada e desperta a criatividade produtiva”, complementa.
Texto e foto: Bruno Bartholini