Ação na Central do Brasil ouve população para guiar projeto de revitalização

Obras, Mobilidade, Social, Cultural | 29/01/2019


Laboratório Urbano #Renova Central oferece serviços e mapeia necessidades do público da estação que atinge 600 mil por dia
O Governo do Estado e a Prefeitura do Rio promovem mais uma etapa do projeto de revitalização da Central do Brasil. De 28/01 a 26/02, estande do Laboratório Urbano #Renova Central no Corredor Cultural da estação ferroviária vai coletar a opinião da população sobre questões referentes aos transportes públicos e serviços esperados pelo público nas áreas de saúde, educação, cultura e outras. A ação tem o objetivo de mapear as reais necessidades dos passageiros e moradores da região, além de embasar futuros projetos.
O atendimento programado de segunda a sexta-feira das 7h às 22h e aos sábados das 10h às 14h será complementado por ações nas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter (/RenovaCentral). A experiência deverá atrair participantes com serviços. No Laboratório Urbano (criado pelo Governo do Estado e Prefeitura do Rio), o público poderá carregar celular, usar Wi-Fi gratuito e obter informações sobre o funcionamento dos modos de transportes disponíveis no entorno. O espaço vai apresentar aos visitantes o estudo para a área da Central do Brasil.
Capitaneado pela Secretaria de Estado de Transportes, o projeto tem participação da Câmara Metropolitana, além de secretarias municipais, concessionárias (MetrôRio e SuperVia), Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), Coderte (Companhia de Desenvolvimento Rodoviário e Terminais do Estado do Rio), Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e a ONG Codatu.
A Central do Brasil é um local por onde circula um grande número de pessoas com registro de mais de 600 mil por dia tanto nas instalações como nos transportes públicos (trem, metrô, VLT e ônibus).